Remembrance Day ou Dia da lembrança

Torre de Londres2
Papoulas tomando a Torre de Londres em outubro de 2014

Às 11h da manhã do dia 11 de novembro de 1918 terminou oficialmente a I Guerra Mundial. Um ano depois, o Rei George V declarou que o dia 11 de novembro seria dedicado à lembrança daqueles que sucumbiram à Grande Guerra e, desde então o Remembrance Day é comemorado no Reino Unido e em outros países da Commonwealth.

Todo ano, neste dia ou no domingo mais próximo, são feitos 2 minutos de silêncio e há uma série de homenagens àqueles que morreram, não apenas na primeira guerra, mas que morreram ou foram feridos enquanto defendiam a Grã-Bretanha.

20181028_160208
Jardim da Lembrança no Princes Garden, 2018

A principal homenagem do Remembrance Day é feita no centro de Londres, quando a Rainha, membros da família real, e outras autoridades colocam coroas de flores no Cenotaph, em Whitehall, monumento erguido justamente para honrar os mortos de guerra.

Além disso, desde outubro vê-se várias pessoas usando flores vermelhas, principalmente papoulas de plástico, nas roupas e jardins são montados nas cidades. São os jardins da lembrança. Em Edimburgo, esse jardim costuma ser montado no Princes Street Gardens e você pode, inclusive comprar a cruz de madeira com a papoula e escrever o nome da pessoa que deseja homenagear antes da sua cruz ser fincada na grama.

20181030_143238
Jardim da lembrança em Glasgow, 2018
20181026_151524
Flores da papoula à venda em um estabelecimento, Edimburgo

A papoula foi a escolhida por representar os campos de Flandres e Picardy, regiões do norte da França e da Bélgica, palco de sangrentas batalhas. O dinheiro arrecadado com a venda das flores de plástico, assim como o de outros objetos relacionados à data costuma ir para entidades beneficentes que ajudam ex-combatentes.