O horário de verão na Escócia

relogios-fusohorario

Pois é, aqui na Europa também tem horário de verão. Eu que odeio não me vi livre desse maldito horário ao me mudar para cá. No último sábado, dia 26 de março, à uma da manhã adiantamos o relógio em uma hora e agora a diferença horária entre Brasil e Escócia (e todo Reino Unido) é de 4 horas.

O curioso é que aqui o relógio não é adiantado ou atrasado à meia-noite, mas à uma hora manhã. (Na Holanda é às duas da manhã. Curioso, não?)

Diferente do Brasil, o dia da mudança do horário aqui já está tão entranhado na população que não existe propagandas lembrando da mudança na TV, rádio ou jornal, como vemos no Brasil. As pessoas simplesmente sabem que no último domingo de março começa o horário de verão e no último domingo de outubro ele termina. Assim, esse ano de 2017, o horário de verão por aqui vai terminar em 29 de outubro.

Como no dia 15 de outubro de 2017 vai iniciar o horário de verão no Brasil, por poucos dias, a diferença de horário entre os dois países será de 3 horas. E, no dia 29 de outubro, quando a Escócia sair do horário de verão a diferença de horário ficará em 2 horas.

Anúncios

O dinheiro na Escócia

O dinheiro aqui na Escócia, como em todo o Reino Unido é a libra, e eles aceitam totalmente as notas que você trará do Brasil, compradas no banco ou em casas de câmbio. Mas logo de cara você, provavelmente, vai notar que as notas recebidas como troco aqui na Escócia não são exatamente aquelas com a foto da Rainha, como estamos acostumados a ver quando falamos em libra. É que na Escócia eles têm a libra escocesa com imagens próprias

Outra particularidade é que diferente da maioria dos lugares, as notas não são padronizadas. Aqui, cada banco imprime suas notas e coloca as imagens que bem entender nelas. Interessante, não?

Atenção, as libras trazidas do Brasil ou de Londres são amplamente aceitas por aqui, mas em Londres a maioria dos lugares não aceita a libra escocesa. Assim como no Brasil, caso sobre notas de libra escocesa, troque ainda aqui no país, pois será muito difícil conseguir vendê-las no Brasil.

 

Edimburgo: aqui estou eu

20170304_163927

Dizem que a primeira impressão é a que fica. Mas será? Sábado passado cheguei em Edimburgo (ou Edimbráaa, como dizem os locais) e a cidade me recebeu cinza, com muita neblina e uma chuvinha fina nada convidativa. Confesso que a vontade foi pegar o mesmo voo de volta para Amsterdã (não que o clima em terras holandesas parecesse muito melhor, mas…).

Como até chegar ao apartamento, conhecer o funcionamento da casa, desfazer mala… e tudo isso, já tinha escurecido, nessa primeira noite achei melhor dar uma andada rápida pelo bairro e jantar no próprio apartamento (a proprietária havia deixado pão, leite, chá e um bolinho típico da cidade).

20170305_183717

No dia seguinte, que surpresa, céu azul e uma cidade maravilhosa para ser explorada. É fácil se deixar levar e andar horas e horas admirando a bela arquitetura, as ruelas, o castelo no horizonte, os parques… Acho que o melhor conselho que posso dar até o momento é: se perca pelas ruas da cidade. Você com certeza vai encontrar tesouros escondidos por todos os lados.

Hora de arrumar as malas: e agora?

arrumandoasmalas

Três dias para embarcar e finalmente posso dizer que as malas estão prontas. Ufa. Mas olha, não foi fácil. Pelas conversas que tive com outros viajantes é normal essa nossa vontade de levar tudo o que temos. Mas muita calma nessa hora. Só pra vocês terem uma ideia, fiz e desfiz a mala três vezes até chegar a este ponto de dizer que elas estão prontas.

É claro que o quê levar é algo muito, muito pessoal, mas tenha em mente uma máxima: você não usa aqui no Brasil? Então para que levar? Você não vai usar no seu novo país. Outra dica, experimente as roupas antes de colocar na mala. Para quê levar aquela roupa que está apertada demais, grande demais ou gasta demais? Fazer mala é um grande serviço de desapego, minha gente. Além disso, não se esqueça de levar em consideração o clima do lugar para onde você está indo.

unicornio

Outra coisa que me ajudou muito foi ter uma balança para pesar a mala. No primeiro dia uma das malas estava com 30 kg e a outra com 20 kg. Assim, no da seguinte, arrumei tudo novamente para que cada mala ficasse com cerca de 25 kg. Facilitando assim na hora de subir as escadas do apartamento carregando as duas. Pode até parecer bobagem agora, mas depois de um dia inteiro viajando, já cansada, faz sim muita diferença.

E mesmo com as várias roupas, ainda consegui espaço para alguns DVDs e meus funkos queridos, afinal, mesmo que o apartamento já venha mobiliado, quero que a minha casa tenha a minha cara. E você, o que não pode faltar de jeito nenhum na sua mala?

Atenção com a franquia de bagagem

excessobagagem1

É preciso ter muita atenção com a questão da franquia de bagagens. Por exemplo, no meu caso a KLM permite duas malas despachadas de até 32 Kg cada, mas a TAM, empresa pela qual farei o trecho BH – Rio, só permite que eu leve uma mala de 32 Kg. E agora?

Bem, o que a ANAC, agência nacional de aviação civil, diz é que quando as passagens aéreas, tanto para o voo nacional quanto para o voo internacional forem conjugadas, ou seja, quando houver apenas um contrato de transporte (mesmo se forem de empresas diferentes), o passageiro terá direito à franquia de bagagem do destino internacional; mas quando as passagens não forem conjugadas, ou seja, quando houver contratos de transporte distintos, o passageiro terá direito à franquia de bagagem nacional no trecho nacional e à franquia de bagagem internacional no trecho internacional.

Ou seja, como eu comi mosca e comprei primeiro a passagem Rio – Edimburgo pela KLM e só agora comprei BH – Rio pela TAM, mesmo a KLM permitindo duas malas de 32 Kg eu só vou poder levar uma, a menos que eu queira pagar excesso de bagagem.

excesso-de-bagagem-tam-compra-antecipada-do-excesso-de-bagagem

Essa é uma dúvida muito frequente que eu vejo por aí e é importante ter essa noção na hora de fazer a compra das passagens e arrumar a mala para evitar surpresas no balcão da companhia aérea na hora de embarcar.

Algumas companhias aéreas podem insistir que você não tem direito a levar duas malas de 32 Kg no voo doméstico, mas lembre-se, se você tiver comprado a passagem conjugada, no meu caso BH – Edimburgo, pode bater o pé porque isso é determinação da ANAC e elas são obrigadas a cumprir a regra. O folheto da ANAC sobre bagagens com essas informações pode ser encontrado aqui.

Brian Cox em Edimburgo

brian-cox_1974873c

Gosta de física? Vive olhando para o céu e viajando nas estrelas, buracos negros e afins? Então esse post pode interessar você. Bem, isso se você estiver na Escócia ou planejando estar lá em maio do ano que vem.

É que Brian Cox, físico renomado, professor da Universidade de Manchester e apresentador de várias séries na BBC, vai dar uma palestra na Edinburgh Playhouse no domingo 7 de maio e os ingressos já estão a venda por £34.15. ele é famoso pelo seu esforço na divulgação da ciência e por tentar transformar a ciência em algo divertido para o grande público.

Interessou? Boa parte dos ingressos já estão esgotados, mas ainda têm alguns assentos no balcão e eles podem ser adquiridos neste site aqui. Não vai dar tempo dos ingressos serem enviados para o Brasil, mas eles podem ser retirados na bilheteria do teatro, bastando, para isso, apresentar o cartão de crédito utilizado na compra.

Então, nos vemos lá?

Você é uma pessoa precavida?

melhores-seguro-viagem-baratos

Minha avó costuma dizer que uma pessoa precavida vale por duas. E eu acho que nos preparativos de uma viagem essa máxima vale demais. É claro que imprevistos fazem parte do jogo e vão acontecer, mas algumas coisas podem ser evitadas. E tenho tentado evitá-las ao máximo.

Outro dia estava no banco e tinha uma moça na mesa ao lado explicando para o gerente que o filho estava na Irlanda, tinha sido roubado e estava precisando que ela tirasse um dinheiro da conta dele aqui no Brasil e enviasse para ele, mas ela não tinha procuração para isso, não tinha cartão da conta dele, ou seja, o gerente estava explicando que não tinha como. O modo mais fácil seria ele fazer uma espécie de procuração lá e enviar pelo correio para que ela pudesse movimentar a conta dele aqui no Brasil. Já imaginou?

É por isso que minha mãe já tem uma procuração para poder resolver problemas para mim em qualquer lugar, bancos, órgãos públicos, Detran, alugar imóvel, qualquer coisa. E pra facilitar ainda mais, coloquei ela de segunda titular na minha conta bancária.

indice

Outra coisa que pretendo fazer lá para fevereiro é um seguro viagem. Muita gente diz que é bobagem, que é dinheiro jogado fora. Pois bem, eu também achava, até ter uma infecção de garganta absurda no Chile e precisar de um médico. Graças ao seguro. em coisa de uma hora os paramédicos estavam na porta do meu quarto me medicando. Tudo bem, que foi um pouco exagerado para uma dor de garganta, mas como eu iria conseguir comprar antibiótico sem um médico? Como eu iria achar um médico no final de semana com o meu pobre e precário espanhol, do tipo “Como se llama, si, bonita, si, mi casa, su casa Shakira, Shakira”? Pois bem, tomara que seja sim dinheiro jogado fora, mas pelo menos algo de uns 10 dias, para dar tempo de eu chegar e me registrar no serviço médico e tudo mais.

Algumas coisas não podem ser evitadas, mas o que eu puder evitar, vou evitar!

Já ouviu falar no Military Tatoo?

tattoo_festival_logo

Eu não sei se você sabe, mas Edimburgo é cheia de festivais e agosto é o mês dos Festivais de Verão, do qual uma das principais atrações é o Royal Edinburgh Military Tatoo. Durante três semanas (em 2017 o Military Tatoo vai acontecer de 4 a 26 de agosto e o tema escolhido é Splash of Tartan), a esplanada do Castelo de Edimburgo ecoa o som de gaitas de fole e tambores de bandas marciais militares de todos os cantos do mundo para um grandioso espetáculo. Danças, desfiles e shows de fogos de artifícios compõem esse que é um dos maiores eventos do país.

Mas por que eu resolvi falar disso hoje? Porque os ingressos para o evento do ano que vem já estão à venda e pelo o que eu pude ver, eles esgotam muito rapidamente. Os valores vão de 25 a 300 libras e alguns lugares dão direito a um verdadeiro pacote com direito a jantar ou recepção com drinks, além de uma visita ao Scottish Whisky Experience ou ao bastidores do evento.

3896685312_4f4f573cb1_z
Foto retirada do site oficial

Os shows acontecem de segunda à sábado. De segunda a sexta às 21h e no sábado em dois horários, 19h30 e 22h30. Lembrando que é verão, então escurece mais tarde. Os ingressos podem ser enviados para casa (mesmo no Brasil) ou retirados lá mesmo. É importante ficar atento ao prazo. Para o evento do ano que vem, os ingressos serão enviados somente a partir de abril e eles pedem 28 dias para o envio. Dependendo do caso vale mais a pena retirar no escritório deles antes do evento.

De acordo com a Bruna, do Contando as Horas, as arquibancadas não são cobertas, inclusive as da ala VIP e não é permitido usar guarda-chuva, pois atrapalha a visão das pessoas que estão atrás. Então é bom comprar uma capa de chuva ainda na parte externa da Esplanada. No site dela, neste post, ela também explica sobre cada um dos locais, e onde é melhor ou pior de ficar para assistir ao show.

3856032266_c5ea01f6b2_z
Foto retirada do site oficial

O Military Tatoo, que teve início em 1949, é uma representação da prática comum durante a Guerra de Sucessão Austríaca, quando os exércitos se hospedavam em alguma cidade. Todas as noites, uma banda com gaitas e tambores passava pelas tabernas avisando que já era hora de fechar as torneiras dos barris e parar de servir cerveja, pois os soldados deveriam se retirar para seus alojamentos. No século 18, o hábito não só sinalizava o último dever do dia, como também era uma forma de entretenimento noturno para as tropas.

Eu já garanti meu ingresso. Meu primeiro evento na Escócia já confirmado. E assim vai ficando cada vez mais real. Ingressos podem ser comprados aqui.

Onde estudar inglês em Edimburgo?

Talvez a primeira pergunta que você esteja se fazendo ao ler o título desse post seja: mas por que estudar inglês na Escócia? Bem, porque não? Os escoceses têm um dos sotaques mais bonitos da Grã-Bretanha, se não o mais bonito. Vai ser bem mais barato do que estudar em Londres e ainda vai ter bem menos brasileiros do que na capital da Inglaterra, o que para quem pretende mergulhar em uma outra língua e cultura é sempre muito bom.

Desde que decidi ir para a Escócia eu decidi que em algum momento, provavelmente, faria um curso, além do de Gaélico. Quero aprimorar meu inglês falado e escrito e além disso, levando em conta que meu trabalho é feito sozinha e em casa, um curso pode ser uma excelente oportunidade para interagir, falar e conhecer outras pessoas. Mas diferente da maioria das pessoas eu resolvi deixar para escolher o curso quando chegar lá. Prefiro chegar, ir às escolas e ver aquela com que me identifico melhor. Até porque, por já ir trabalhando, preciso ver como vão ficar meus horários, minha questão financeira, ou seja, o curso não é a prioridade número um.

Mas isso não me impediu de começar minhas pesquisas e encontrei algumas escolas e cursos bem interessantes, que resolvi listar abaixo.

  1. http://www.ecsscotland.co.uk/
  2. http://www.kaplaninternational.com/br/reino-unido/edimburgo/escola-ingles-edimburgo A Kaplan é uma das escolas mais tradicionais quando o assunto é intercâmbio. Conheço gente que estudou nela e gostou muito. Mas torno a dizer, onde estudar, qual a melhor escola é sempre uma questão muito pessoal.
  3. http://www.basilpaterson.co.uk/
  4. http://www.tlieurope.com/ – Entre as citadas nos itens 2 a 5 parece ser a única não credenciada pelo British Council. Por outro lado, parece ser a única que oferece cursos à noite.
  5. http://www.edinburghschoolofenglish.com/ É considerada uma das melhores escolas de Edimburgo.
  6. https://www.joininedinburgh.org/?q=&at=5&ns=on São cursos de inglês voltados para quem não tem inglês como língua nativa, oferecidos pelo Edinburgh Council. Tem gratuitos e outros pagos com preços baixos (tipo 1 libra por semana). Além da língua eles ensinam também sobre as leis e os costumes. No site do Edinburgh Council é possível encontrar outros cursos como artesanato, dança, escrita criativa, etc…

Além desses sites, existem alguns outros onde você pode encontrar informações sobre diversas escolas e universidades:

  1. http://www.languagecourse.net/pt/escolas-edimburgo – não é uma escola, mas sim um site de reservas com informações sobre várias escolas
  2. http://www.englishukscotland.com/ – idem
  3. http://www.mbastudies.com.br/universidades/Reino-Unido/Esc%C3%B3cia/ – site informativo de várias escolas e universidades

Ao chegar lá e ir às escolas e me decidir, venho contar mais sobre o assunto.

5 meses: começou a bater o medo

23228350051179045435

Até o mês passado estava tudo ótimo, preparativos à mil, aquela ansiedade boa. Mas de uns dias para cá o medo começou a bater forte. É só eu pegar qualquer coisa da minha planilha para fazer que daqui a pouco me pego chorando, pensando nas pessoas, coisas e lugares que vou deixar para trás. Nas que corro o risco de não ver mais… E os “e se” começam a me assombrar.

Logo eu que sempre fui tão racional, tão pé no chão, de onde veio essa loucura de querer ir para o outro lado do mundo, sozinha, de uma hora para a outra? Tá, eu sei de onde veio, eu sei que vai ser importante para a minha profissão, para o meu crescimento pessoal, mas vencer o medo está se tornando cada dia mais difícil. Tô começando a ter medo de não conseguir e eu não quero não conseguir. Ok, essa frase ficou péssima.

Acredito que essa ansiedade seja normal, a Universidade de Edimburgo até fala sobre isso, mas para alguém que sofre de ansiedade, lidar com isso é muito, muito complicado. Só espero que aos poucos as coisas possam voltar a melhorar nesses preparativos.